Vida e obra de Oscar Niemeyer

Programação da TV Cultura mostra mais detalhes sobre a história de um dos mais renomados arquitetos do Brasil


Jornalismo

06/12/12 17:07 - Atualizado em 06/12/12 17:10

 

Roda Viva - Oscar Niemeyer

Um dos mais admirados e respeitados arquitetos do mundo morreu poucos dias antes de completar 105 anos. Oscar Niemeyer estava internado do Rio de Janeiro desde 2 de novembro por conta de uma desidratação. Durante este mês em que esteve no hospital, ele apresentou uma hemorragia digestiva, dificuldades nas funções renais e, na terça, 4, uma infecção respiratória.

Nascido em 15 de dezembro de 1907 no Rio de Janeiro, Oscar Ribeiro de Almeida Niemeyer Soares Filho ingressou na Escola Nacional de Belas Artes em 1928, aos 21 anos, logo depois de ter se casado com Annita Baldo, com quem permaneceu junto até a morte da esposa, em 2004. Com Annita, ele teve uma filha, falecida em junho deste ano. Niemeyer teve ainda cinco netos, 13 bisnetos e sete trinetos.

Ao se formar engenheiro arquiteto, em 1934, Niemeyer foi trabalhar no escritório de Lúcio Costa, onde participou de projetos como os prédios do Ministério da Educação e da Saúde. Em 1939 uma equipe do escritório projetou o pavilhão brasileiro da Feira Mundial de Nova York, trabalho que surpreendeu tanto o prefeito da cidade que rendeu a Niemeyer o título de Cidadão Honorário. Foi por meio do escritório de Lúcio Costa que Niemeyer conheceu o arquiteto franco-suíço Le Corbusier, maior ícone da arquitetura modernista.

Juntos, Niemeyer, Le Corbusier e o inglês Sir Howard Robertson projetaram em 1947 a sede da Organização das Nações Unidas em Nova York. Em 1956, o presidente e amigo Juscelino Kubitschek propôs a Niemeyer chefiar um projeto ambicioso: projetar a nova capital do país, Brasília que seria inaugurada em 1960.

Oscar Niemeyer se filiou ao Partido Comunista em 1945 e em 1965 se exilou na França, onde desenvolveu diversos projetos, retornando ao Brasil 20 anos depois. Em 1988, Niemeyer recebeu o prêmio Pritzker de Arquitetura, o maior do ramo, pelo desenho da Catedral de Brasília.

Saiba mais detalhes sobre a vida e obra de Oscar Niemeyer no Jornal da Cultura desta quinta-feira (06/12), a partir das 21h, e logo mais, 00h00, no Metrópolis