Vendas de Natal têm o pior índice desde 2003

Número é 14% menor que o apresentado no início do governo Lula


Vinicius Giorge Economia & política

26/12/13 20:17 - Atualizado em 26/12/13 20:22

dilma economiaO número das vendas de Natal ficou abaixo do esperado pelos varejistas. Com um crescimento de apenas 2,7% em todo o país, marca é a pior desde o início da medição pela Serasa, empresa de consultoria, em 2003, no primeiro ano de mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O número das vendas natalinas medidas pela Serasa mostra enfraquecimento no poder de compra do brasileiro: 17% (2003); 16,1% (2004); 6% (2005); 5,6 (2006); 5,3% (2007); 2,8% (2008); 4,1% (2009); 15,5% (2010); 2,8% (2011); 5,1% (2012).

Segundo a consultoria, a maior problemática está na falta de controle das taxas de juros "Isso proporcionou um crescimento mais fraco neste ano. A diminuição da confiança dos consumidores neste final de ano também contribui para o resultado".

A cidade de São Paulo seguiu o ritmo nacional, com aumento de 2,4% no período.

O cmais+ é o portal de conteúdo da Cultura e reúne os canais TV Cultura, UnivespTV, MultiCultura, TV Rá-Tim-Bum! e as rádios Cultura Brasil e Cultura FM.

Visite o cmais+ e navegue por nossos conteúdos.

Comentários

Compartilhar


relacionadas

  • Livros 123: Estado e Burguesia no Brasil - Antonio Carlos Mazzeo Livros 123: Estado e Burguesia no Brasil - Antonio Carlos Mazzeo

    Entrevista com o sociólogo Antonio Carlos Mazzeo, professor da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da USP, sobre a reedição de seu famoso livro Estado e Burguesia no Brasil, origens da autocracia burguesa. O professor Mazzeo explica que o livro busca traçar o perfil da burguesia brasileira e suas formas de ação a partir da vinda dos portugueses para a América e a instalação de seu capitalismo escravista colonial. Om professor inicia suas explicações sobre as diferenças entre feudalismo e capitalismo e a forma como o capitalismo se instalou em nosso país, superando as diversas fases da vida nacional: colônia, independência, primeiro e segundo impérios e república, passando pelos diversos golpes de estado que atravessamos ao longo do tempo. *Assista a Univesp TV ao vivo, e veja nossa programação completa em http://univesptv.cmais.com.br *De segunda a sexta às 09h e 21h, o programa Estúdio Univesp traz entrevistas, debates, notícias e matérias especiais na tela da Univesp TV. *Sintonize a Univesp TV através da multiprogramação da TV Cultura. Em São Paulo o canal é o 6.2. *Univesp TV - O canal para quem quer saber mais e aprender sempre!

  • Fundo de Quintal abre a 2ª temporada de Samba na Gamboa na TV Cultura Fundo de Quintal abre a 2ª temporada de Samba na Gamboa na TV Cultura

    Neste domingo (13/9), às 11h, o grupo conversa com Diogo Nogueira sobre o tradicional bloco carioca Cacique de Ramos. A edição é a primeira de uma leva de 26 programas inéditos

  • Clássicos exibe concerto da Sinfônica Heliópolis regido por Isaac Karabtchevsky Clássicos exibe concerto da Sinfônica Heliópolis regido por Isaac Karabtchevsky

    No programa deste sábado (12/9), obras de Beethoven, Brahms e do gaúcho Dimitri Cervo. Às 21h30, na TV Cultura

  • “Jura”, por Carlos Navas - Sr. Brasil - 06/09/15 “Jura”, por Carlos Navas - Sr. Brasil - 06/09/15

    Rolando Boldrin recebe Carlos Navas (São Paulo - SP), que interpreta “Jura" (Sinhô). Músicos Acompanhantes: Evandro Gracelli (violão) Luizinho 7 Cordas (violão 7 cordas) Pratinha Saraiva (flauta) Nahame Casseb (percussão)

  • Nelson Baskerville dirige comédia de Naum Alves de Souza que estreia em São Paulo Nelson Baskerville dirige comédia de Naum Alves de Souza que estreia em São Paulo

    Suburbano Coração entra em cartaz nesta sexta no Teatro Cacilda Becker. A atriz Aldine Muller falou da montagem ao RadioMetrópolis